CONSELHO NACIONAL DAS GMS

DISCURSO DE CRIAÇÃO DO CNGMB 30/08/1991
Americana, 30 de Agosto de 1991.


Ilustres Senhores Congressistas é com grande satisfação, que agradeço está oportunidade de falar sobre a Associação das Guardas Municipais.
E falo com muito intuito de integrar, relacionar e unir as Guardas Municipais, para que possamos nos unir para o crescimento d fortalecimento das Guardas.
E com esta união de idéias e opiniões, lutaremos para atingir um objetivo comum entre todas as Guardas; ganhando com isso o espaço já conquistado na Constituição Federal, e exercido por várias guardas, mas que às vezes tem correntes contrarias, e que se esforçam para combater as guardas, ao invés de aperfeiçoar a segurança do cidadão, que é o maior prejudicado nesta briga sem razão de existir; como disse o Dr. ROQUE THAUMATURGO FILHO, DELEGADO D POLICIA E PROFESSOR NA ACADEMIA DE POLICIA DE SÃO PAULO, no O Estado de São Paulo de 09/agosto/91, que o melhor a fazer, á aperfeiçoar e exigir mais eficiência dos órgãos policiais.
E para isso precisamos nos fortalecer através da Associação das Guardas Municipais da Estado de São Paulo, para que possamos formar a Associação Nacional das Guardas, pois já existe um documento que sugere o esvaziamento ou neutralização da Associação Estadual, isto devido ao medo do fortalecimento e crescimento desta entidade, que visa somente melhorar as condições de segurança do cidadão que paga seus impostos, mas tem seu direito de ir e vir cerceado pelo medo da insegurança e a ineficiência dos órgãos competentes, que ficam perdendo tempo com discussões que não atingem nunca o objetivo comum, que é melhorar a segurança do Cidadão Brasileiro.
E por isto Senhores Congressistas, após termos ouvido e aprendido sobre vários assuntos atuais sobre as guardas e o sistema policial, eu sugiro, para o fortalecimento das Guardas que, seja instituído e aprovado por aclamação o Estatuto do Conselho Nacional das Guardas Municipais do Brasil e sua respectiva Diretoria, e ainda a edição de um manual básico de formação do guarda, par que possamos integrar e padronizar a formação das guardas em todo o pais, com isto, ficando mais fácil o relacionamento das guardas.




CARLOS ALEXANDRE BRAGA







OBS: O ESTATUTO E A DIRETOIA FORAM APROVADOS POR UNANIMIDADE, CONFORME SEGUE













DIRETORIA_______________________EXECUTIVA____________________________NACIONAL


PRESIDENTE EXECUTIVO ZAIR STURARO
COMANDANTE DA GM AMERICANA


VICE PRESIDENTE EXECUTIVO CARLOS ALEXANDRE BRAGA
SUBINSPETOR DA GCM DE SÃO PAULO


VICE PRESIDENTE REGIÃO NORTE LOUISMAR MATOS BONARES
COMANDANTE DA GM DE MANAUS


VICE PRESIDENTE REGIÃO SUDESTE FRANCISCO CAMARGO BARROS
COMANDANTE DA GM DE SOROCABA


VICA PRESIDENTE REGIÃO NORDESTE SOSIGEMES A. ARAUJO
COMANDANTE DA GM NATAL


VICE PRESIDENTE REGIÃO SUL AMAZOR PRESTES
DIRETOR DA GM DE CURITIBA


VICE PRESIDENTE REGIÃO CENTRO OESTE -


1-SECRETÁRIO ANTONIO RICARDO SANCHES
COMANDANTE DA GM DE PIRACICABA



2-SECRETARIO TARCISIO GERMANO DE LEMOS
COMANDANTES DA GM JUNDIAI
CARLOS ALEXANDRE BRAGA- PRESIDENTE AGMESP E CNGMB-SP


 
Copyright © 2017
AGMESP - Associação dos Guardas Municipais do Estado de São Paulo
Informações: (0XX19) 3462-6124 / E-Mail: carabraga@ig.com.br
Todos os Direitos Reservados